troca de contratos com o estado

homem de constaninopla«“Fiquei rico da noite para o dia!”, disse, após recuperar a compostura. “A partir daí alarguei o negócio. Comprei uns barcos e meti-me na navegação. Não contente com o que já tinha feito, abri um grande banco de financiamento e tornei-me assim o arménio mais rico do todo o império.”

“E tudo por causa de uma troca de contratos com o estado…”»

in “O Homem de Constantinopla” de José Rodrigues do Santos, pág. 169

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s